Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Agentes vistoriam aprox 1,1 mil imóveis

Fonte:Prefeitura de Arujá
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Dengue: Agentes vistoriam cerca de 1,1 mil imóveis no Mirante e no Jd. Pinheiro

 

Cerca de 1,1 mil imóveis do Jardim Pinheiro e do Mirante foram vistoriados durante ação de combate ao Aedes Aegypti promovida pela Secretaria de Saúde de Arujá no sábado (16/04). A força tarefa contou com a presença de 45 agentes.

Este é o segundo final de semana em que as equipes da Secretaria percorrem os bairros da cidade para conscientizar os moradores e visitar as residências que normalmente permanecem vazias ou sem responsável maior de 18 anos nos dias úteis.

O trabalho realizado em conjunto pelos servidores do Departamento de Controle de Vetores e os agentes comunitários da Estratégia Saúde da Família (ESF) tem o objetivo de eliminar possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya.

No último dia 9, aproximadamente mil imóveis do Parque Rodrigo Barreto foram atingidos pela ação da Secretaria de Saúde.

“A meta é visitar o máximo possível de residências para conscientizar essa parte da população que não costumamos encontrar em casa nos dias de semana. O combate ao mosquito só se torna eficaz se os moradores tomarem os cuidados necessários”, afirma a coordenadora do programa de combate à dengue no município, Tássia Ribeiro.

Cuidados

Para evitar que os imóveis abriguem criadouros do mosquito, a população deve manter caixas d’água bem tampadas. Vasos e objetos que podem acumular água exigem atenção redobrada e devem ficar de cabeça para baixo. Já as calhas, tubulações e pratinhos de água e comida dos animais precisam ser limpos constantemente.

Pneus velhos deixados em local aberto são uma verdadeira festa para o mosquito da dengue. O recolhimento acontece a partir das denúncias quanto a existência de pneus em terrenos, oficinas ou qualquer ponto que possa virar criadouro. O lixo também pode se tornar um foco. A recomendação é para não deixá-lo acumulado por muito tempo à espera de recolhimento nas ruas. O morador deve atentar para o horário da coleta.

Denúncias de possíveis focos podem ser feitas ao Disque-Dengue, no telefone 0800 778 8882.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Arujá

Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Arujá

pma.imprensa@aruja.sp.gov.br

admtudo*

Comentários

Voltar ao Topo