Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Orçamento de Arujá para 2020

Fonte:Prefeitura de Arujá
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Orçamento para 2020 é estimado em R$ 305 milhões

 

         O Orçamento da Prefeitura de Arujá para 2020 está estimado em R$ 305,8 milhões. A previsão foi informada nesta sexta-feira (02/08) pelo secretário de Finanças, Caio Araújo, em audiência pública da Lei Orçamentária Anual (LOA), no Paço Municipal, com a presença do prefeito José Luiz Monteiro. Do montante, 60% devem ir para as Secretarias de Educação (35%) e Saúde (25%).

        Além de responder questionamentos de moradores e vereadores presentes, os secretários e representantes de cada Pasta apresentaram as prioridades para a execução orçamentária de suas áreas no próximo ano.

         “Os objetivos da LOA devem atender ao PPA (Plano Plurianual, lei que determina metas para o período 2018-2021) vigente. Para isso, nós identificamos as demandas da cidade e da Prefeitura, verificamos se estão previstas no PPA, fazemos o planejamento, criamos o projeto de Lei que vai para o Legislativo, é aprovado e vira lei para, então, passarmos à execução”, explicou o secretário de Finanças.

         “Obviamente, tudo depende de como estará a economia do País, hoje instável. Daí a importância de aumentarmos cada vez mais o porcentual de receita própria (ISS, IPTU, etc) no Orçamento, atualmente em 38%. A cidade fica menos suscetível à instabilidade econômica quando consegue diminuir a dependência de recursos dos governos estadual e federal”, completou.

         A audiência pública foi aberta pelo prefeito José Luiz. Ele pediu que a população participe mais ativamente da construção da cidade, comparecendo aos eventos e apresentando sugestões e críticas formais. “Esta é uma administração democrática que vem aumentando as formas de participação popular e quer o cidadão contribuindo. Aqui traçamos o destino de Arujá”, afirmou o prefeito.

         “Para terem ideia da nossa responsabilidade, investiremos R$ 7,5 milhões no Centro de Especialidades (Médicas - CEM), um serviço importantíssimo e que era um compromisso nosso. Temos uma responsabilidade enorme e queremos as pessoas participando dela”, disse.

         Prioridades

         Secretaria que recebe a maior parte do Orçamento Municipal - ao menos 25%, por determinação da Constituição Federal-, a Educação tem como prioridades para 2020 as construções da escola do Jordanópolis, para 600 alunos, e da creche para 188 crianças, no Parque Rodrigo Barreto; a manutenção dos prédios atuais, mediante a contratação de empresa especializada e reforma completa em escolas como Hermínia Araki, Eufly Gomes, Padre Geraldo Montibeller e Dalila Franco Garcia. “Haverá ainda a entrega completa de kits e uniformes escolares”, explicou a secretária Priscila Sidorco.

         Na Saúde, além da manutenção da Maternidade Municipal, Prontos Atendimentos e Centro de Especialidades, a secretária Carmen Pellegrino destacou a implantação do Centro de Apoio Psicossocial (CAPS), cuja construção deve iniciar ainda este ano, inclusive com recurso de emenda da Câmara Municipal. “No mais, nosso foco é otimizar os recursos para melhorar a qualidade na atenção básica”, disse.

         São outras prioridades a assunção da iluminação pública a partir de fevereiro pela Secretaria de Serviços, com o início da substituição de todas as lâmpadas da cidade por LED (levará até dois anos);  aprimoramento dos investimentos em tecnologia e suporte (Planejamento); implantação da Muralha Eletrônica e a contratação de guardas municipais (Segurança Pública); manutenção de ginásios, do Promesp e a implementação de programa de combate à obesidade infantil (Esportes e Lazer); estruturação do Parque dos Ipês, no Jardim Fazenda Rincão (Meio Ambiente); continuidade das oficinas culturais e serviços existentes (Cultura e Turismo); reestruturação interna, por meio da tecnologia (Desenvolvimento); manutenção dos programas CRAS, CREAS, Jovem Aprendiz, Frente de Trabalho e Renda Mínima, entre outros (Assistência Social), e o cadastramento de atualização do déficit habitacional (Habitação).

         Autoridades

        Também participaram da audiência os secretários Leandro Larini, Juvenal Penteado, Julio Taikan Yokoyama, o Julio do Kaikan, José Orlando da Silva, o adjunto de Esportes e Lazer, Fábio André de Souza, diretores e os vereadores Ana Poli, Edimar de Jesus e Luiz Fernando Alves de Almeida.

         Contribuição

         A Lei Orçamentária Anual será enviada à Câmara até o final deste mês. Até lá, os moradores podem continuar contribuindo com sua construção por meio de formulário eletrônico criado pela Secretaria de Finanças para recebimento de sugestões e que pode ser acessado no link https://form.jotformz.com/91966049620665.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Arujá

Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Arujá

pma.imprensa@aruja.sp.gov.br

admtudo*

Comentários

Voltar ao Topo