Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Novas moradias na Fazenda Albor

Fonte:Prefeitura de Arujá
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Novas moradias na Fazenda Albor devem zerar o déficit habitacional de Arujá

 

A área da Fazenda Albor, no limite de Arujá com Guarulhos e Itaquaquecetuba, será contemplada com dez mil moradias por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). Para o município arujaense, o projeto do governo estadual representará uma conquista importante: zerar o déficit habitacional.

Os dados da primeira PPP da Região Metropolitana foram apresentados pelo secretário de Estado da Habitação, Rodrigo Garcia, em audiência pública realizada quinta-feira (19/05), na capital, com a presença do prefeito Abel Larini.

Do total de moradias, sete mil serão de interesse social: para pessoas com renda familiar entre R$ 1.017 e R$ 5.085, com prestações que vão de R$ 228 a R$ 1.372,95. Os 30% restantes vão ser destinados ao mercado popular, para rendas familiares de até R$ 10,17 mil. As plantas terão entre 40 e 50 metros quadrados.

A previsão de investimento gira em torno de R$ 1,2 bilhão oriundo do setor privado ao longo de seis anos e R$ 840 milhões do poder público, divididos em duas décadas de contrato, para o subsídio de moradias sociais e serviços.

Estima-se que o lançamento da licitação ocorra até o final deste ano. Pelo cronograma de obras apresentado, a expectativa é de 18 a 24 meses para a implantação da infraestrutura e de até cinco anos para a conclusão de todas as unidades habitacionais, com entregas já durante o segundo ano.

O projeto será executado pelos dois consórcios que tiveram os modelos de planos de construção aprovados após o Chamamento Público de agosto de 2015. Um é formado pelas empresas Alphaville Urbanismo e Construtora Tenda e o outro composto pelas construtoras MRV Engenharia, Participações S/A e Andrade Gutierrez.

“Considerada a maior para habitação de interesse social em área concentrada, a PPP da Fazenda Albor proporcionará à região uma nova ‘centralidade econômica’, que oferecerá comércios, indústrias leves (não poluentes, de baixo impacto), serviços e contará com mais de 40 mil pessoas morando”, afirmou o secretário da Habitação, Rodrigo Garcia.

Arujá

Em Arujá, além de zerar o déficit habitacional, de cerca de três mil moradias, e da implantação dos imóveis residenciais, a PPP consistirá na construção de seis escolas, sendo quatro infantis, uma para ensino fundamental e outra para ensino médio, dois postos de saúde, duas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e um centro comunitário com quadras poliesportivas, campos de futebol, pista de skate, playground, equipamentos de ginástica, banheiros, cozinha e salão de conveniência.

Como parceira, a administração municipal fica responsável pela melhoria do sistema viário, a garantia de transporte coletivo, o serviço de limpeza urbana e o atendimento da demanda habitacional.

Após a audiência, o prefeito Abel Larini destacou o empreendimento, situado na divisa de Arujá com Itaquaquecetuba e Guarulhos, como uma conquista histórica para a cidade. “É uma nova cidade ao lado de Arujá, com casa, indústria, comércio e o mais importante: as pessoas morando perto do trabalho”, afirmou.

Além do prefeito, o chefe do Executivo de Itaquaquecetuba, Mamoru Nakashima, o secretário municipal de Planejamento, Flávio de Senço, o ex-secretário de Habitação da cidade, José Orlando da Silva, e o secretário de Habitação de Guarulhos, Orlando Fantazzini, estiveram na audiência pública.

Área

De propriedade da Companhia Paulista de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), a Fazenda Albor tem uma área total de 2,80 hectares. Ela fica a três quilômetros do centro urbano de Arujá e será dividida para proteção ambiental e lagos (525 metros quadrados), moradia (468 mil m²), indústria leve (212 mil m²) comércio (84 mil m²) e área institucional (79,5 mil m²).

Autor

Tudoem

Prefeitura de Arujá

Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Arujá

pma.imprensa@aruja.sp.gov.br

admtudo*

Comentários

Voltar ao Topo