Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Dengue: Saúde instala faixas em áreas

Fonte:Prefeitura de Arujá
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Dengue: Saúde instala faixas em áreas com risco de transmissão

 

         A Secretaria de Saúde instalou faixas em áreas da cidade com risco de transmissão de dengue. É mais uma medida para alertar a população e pedir contribuição no combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti. O município tem 56 casos confirmados da doença, sendo 31 no Parque Rodrigo Barreto e quatro importados.

         “Os agentes de controle de vetores têm feito nebulização (aplicação de inseticida), bloqueios, mutirões de fins de semana, conversado pessoalmente e distribuído informativos à população. Sem o envolvimento efetivo dela este trabalho é muito prejudicado porque fica impossível eliminar totalmente o mosquito”, explica a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde, Mirian Miletti.

         As faixas foram instaladas no Parque Rodrigo Barreto (uma na Avenida Armando Colangelo  e duas na Av. B), no Centro Residencial (Rua Pedro Severino Martins), que tem sete casos da doença, e na região central (Ruas Rio de Janeiro e São Paulo).

         Bairros

         Além de Barreto e Residencial, 11 bairros têm casos de dengue em Arujá: Jardim Planalto (3), Center Ville (2), Jordanópolis (2), Arujamérica (2), Mirante (2), Jardim Pinheiro (2), Caputera (1), Copaco (1), Corrêas (1), Vila Pilar (1) e Jardim Renata (1).

         “Os números nos preocupam e demonstram que há risco em todas as regiões da cidade”, diz Mirian.

         Combate

         Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, 80% dos criadouros estão dentro das casas e os principais motivos desta realidade são o armazenamento incorreto de água, vãos nas caixas d’água e recipientes esquecidos ou deixados no quintal.

         Por isso, apoiar o trabalho dos agentes é fator importante no combate à dengue, mas não o único. É responsabilidade do cidadão colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira fechada; limpar calhas periodicamente, encher os pratos dos vasos de plantas com areia até a borda, trocar a água e lavar o vaso das plantas com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana; manter de boca para baixo as garrafas e recipientes que acumulam água, entre outros cuidados.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Arujá

Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Arujá

pma.imprensa@aruja.sp.gov.br

admtudo*

Comentários

Voltar ao Topo