Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

As cores nos ambientes da casa

Fonte:Colorê Tintas
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Autor

Tudoem

Colorê

Empresa conceituada na região há muito tempo no ramo de tintas.

aruja@coloretintas.com.br

http://www.colore.com.br/


AS CORES NOS AMBIENTES DA CASA
A diversidade das cores serve para tornar o mundo mais belo e nossas vidas mais interessantes.
Para ajudar você na escolha das suas cores, existe toda uma ciência - a Psicodinâmica das Cores - de onde vêm as informações que estamos apresentando aqui.
É preciso ter em mente que a escolha das cores para os ambientes da casa é muito importante e requer um estudo detalhado de cada ambiente:

- HALL: o hall de entrada á primeira impressão que as pessoas têm dos donos da casa, logo, a cor escolhida deve retratar a personalidade dos moradores. Mesmo sendo apenas uma área de passagem, ela deve ser pintada em tons que convidem o visitante a entrar na casa.
O amarelo indica normalmente pessoas com idéias e vasto campo de interesse. O verde indica que os donos da casa se preocupam com a família, as crianças e os animais, tendem a acumular posses e não jogar coisas fora. Um hall cor de rosa indica calor e afeto. O azul indica um lugar com pessoas de opinião firme, geralmente pessoas solitárias ou distantes, porém amáveis e atenciosas. Um hall vermelho indica um morador que quer ser notado. Por ser muito ativo, deve canalizar suas energias para algo construtivo. O creme, que é a cor mais comum em hall de entrada, é uma cor que indica segurança, mas por ser neutra irradia pouca energia.

-SALA DE ESTAR: as recomendações expostas para o hall de entrada também podem ser usadas aqui. A sala de estar é onde recebemos nossas visitas e onde elas permanecem a maior parte do tempo, deve ser um local acolhedor e as cores devem refletir a personalidade dos moradores da casa também.
É praticamente um prolongamento do hall, portanto deve ser pintada nas mesmas cores, variando-se apenas os tons. A sala de estar é o local ideal para longas e descontraídas conversas. Um amarelo ou laranja aquecem qualquer história. É preciso dar igual importância às cores dos estofados. Jamais coloque móveis azuis. Desta forma, as pessoas não permanecem muito tempo sentadas.

-SALA DE JANTAR: Se o objetivo for aproximar as pessoas, escolha cores quentes como o laranja, pois ainda estimulam a sociabilidade (e o apetite também). Sob a influência da cor amarela tendemos a comer mais depressa e falarmos muito, o que pode vir a dificultar a digestão. Tons azuis estimularão assuntos mais sérios e as pessoas ficarão mais contidas.

-QUARTO: é o cômodo no qual passamos boa parte de nosso tempo. A cor escolhida deve ser relaxante, pois enquanto dormimos captamos mais facilmente as energias ao nosso redor. Cores frias como o azul ou verde acalmam as emoções e ajudam a relaxar. Evite tons quentes como os amarelos, pois super-estimulam a mente. O vermelho nunca. As cores quentes podem ser usadas em detalhes.

-QUARTO DAS CRIANÇAS: é importante que o ambiente onde as crianças ficam a maior parte do tempo seja SIMPLES. Não cometer excessos é imprescindível, pois cores e desenhos multicoloridos superenergizam as crianças. Tons de rosa e pêssego são boas para luminárias, o azul e o verde não são recomendados. O teto pode ser pintado de azul-claro pois ajuda a criança a ter um sono mais repousante.

-COZINHA: como a cozinha é o local onde é preparada a comida, trata-se de um dos lugares mais importantes da casa. As cores afetarão diretamente que prepara os alimentos consequentemente os próprios alimentos. As cores quentes, como o laranja, o pêssego e o damasco afloram nossa criatividade, além de estimularem o interesse em preparar a comida e servi-la; em geral estimulam um interesse maior pela casa. Cores frias, como o azul, não são recomendadas, pois a reação comum a elas é a retração e o ocultamento de sentimentos.

-BANHEIRO: As cores rosa e pêssego criam um ambiente onde liberamos as tensões e relaxamos, portanto, ideais para o banheiro. O azul também ajuda a acalmar, mas pode vir a deprimir pessoas muito sensíveis. Plantas dentro do banheiro é também boa opção para trazer energia (escolha plantas que se dão bem em ambientes úmidos). Vale lembrar que as cores do banheiro, em caso de suítes, devem acompanhar as do quarto.

-GABINETE OU SALA DE ESTUDOS: Creme ou verde, o ideal é usar cores que estimulem o raciocínio e prendam a atenção. No piso, cores mais densas como o marrom, propiciam a sensação de estabilidade.


-SALA ÍNTIMA: Os móveis devem ser muito confortáveis e apoiar a cabeça das pessoas. Tons neutros nas paredes - como o ocre - são os mais indicados para não desviar a atenção da tela ou deixar irrequietos os interlocutores. Um verde-água quebra um pouco a neutralidade do ambiente, tornando-o mais aconchegante.


-CORREDORES, ESCADARIAS ÁREAS INTERNAS: Aqui buscam equilíbrio entre as cores quentes e as frias. Esses ambientes devem ser claros. Um dos truques importantes está na cor das portas: portas que dêem para ambientes da família devem ser integradas à parede. Portas para ambientes de livre acesso devem se destacar da parede.

 


AMARELO (Cromática): iluminação, conforto, alegria, esperança, idealismo, espontaneidade, euforia, originalidade e expectativa.
AZUL (Cromática): espaço, viagem, verdade, sentido, afeto, intelectualidade, paz, advertência, serenidade, infinito, meditação, confiança, amizade, amor, fidelidade e profundidade.
BRANCO (Acromática): ordem, simplicidade, limpeza, bem, pensamento, juventude, otimismo, paz, pureza, inocência, dignidade, afirmação, modéstia e alma.
CINZA (Acromática): tédio, tristeza, decadência, velhice, desânimo, seriedade, sabedoria, passado, pena, aborrecimento e carência.
LARANJA (Cromática): força, luminosidade, dureza, euforia, energia, alegria, tentação, prazer e senso de humor.
PRETO (Cromática): mal, miséria, pessimismo, sordidez, tristeza, frigidez, desgraça, dor, temor, negação, melancolia, opressão, angústia, renúncia e intriga.
VERDE (Cromática): adolescência, bem-estar, paz, saúde, ideal, abundância, tranqüilidade, segurança, natureza, equilíbrio, esperança, serenidade, juventude, suavidade, crença, firmeza, coragem, desejo, descanso e tolerância.
VERMELHO (Cromática): dinamismo, força, energia, movimento, coragem, furor, esplendor, intensidade, paixão, poder, vigor, glória, calor, emoção, ação, alegria, comunicação e extroversão
VIOLETA (Cromática): fantasia, mistério, eletricidade, dignidade, justiça, egoísmo, grandeza, calma, misticismo, espiritualidade e delicadeza.

 

Comentários

Voltar ao Topo